“Vai ter que dar, vai ter que chegar em primeiro”

O que forma um herói? Compromisso, esforço e dedicação. Vencer ou vencer! “Ganhando de ponta a ponta” O mundo foi dele. Ayrton Senna é mais que um exemplo, ele é inspiração!

Toleman superou limites, Lotus brindou a vitória, McLaren consagrou um rei e Williams tornou-se um mito!

Ao longo da jornada percebeu que não bastava ser o mais veloz, era necessário driblar muito mais que as chicanes.

Senna mudou um país. Em uma época de grande desigualdade ele era o motivo de alegria e o orgulho de ser brasileiro.

Deixou um legado de persistência, onde para ser um vencedor era necessário dar o melhor de si mesmo, superar limites.

“O capacete oculta sentimentos incompreensíveis” ele mesmo dizia, contudo fomos capazes de enxergar além de seus olhos radiantes. Ele se expressou com o coração.

A cada curva um desafio, em cada gota de chuva um rei, por cada freada a precisão, por todas as vitórias Ayrton!

Foram 161 Corridas, 65 Pole-positions e 41 Vitórias! Números que não pertenceram a todos.

“O importante é competir”, eis uma frase que não estava em seu vocabulário! “O segundo nada mais é do que o primeiro dos perdedores”, preferia dizer.

Ele brigou, acelerou e venceu! Ultrapassou os limites da mente e do corpo. “Eu me recuso a desistir na luta” Mostrou que para triunfar é preciso lutar firme, ser você mesmo para assim ser lembrado por uma eternidade! Dominar o medo, pois ele impede a felicidade.

O rei da chuva nos ensinou que além de ganhar nas pistas é preciso vencer como pessoa. Nos instigou a sermos o melhor que pudermos ser. Correr além do tempo, no sentido de nossos sonhos.

Como Tina Turner falou: “Simply The Best”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *